Follow by Email

terça-feira, 22 de março de 2011

Aminjn-Kim, a nova arte marcial - e totalmente brasileira!

Nem Jiu-Jitsu nem Capoeira. Trata-se de uma nova arte marcial brasileira genuinamente cearense, descoberta na Região Metropolitana de Fortaleza. No município do Eusébio, o professor de Kung Fu, Daniel Estevão, e os alunos dele fizeram uma vasta pesquisa da cultura indígena e descobriram a arte milenar de defesa e combate dos primeiros habitantes do Brasil. Daí surgiu a Aminjn-Kim, que significa "estado de amar", ou "modo certo de viver", na língua Macro-Jê, povo que viveu no sul do Estado do Ceará.

De acordo com Daniel Estevão, após uma verdadeira peregrinação pelo Brasil realizando a pesquisa, ele encontrou algumas lutas milenares praticadas pelos indígenas como o Huka-Huka ou Iuteki, dos índios Xavantes e o Txondaro, dos índios Guaranis. “Com base nessas lutas, idealizamos uma nova prática universalizando a cultura indígena”, disse. “Catalogamos 1.500 golpes e movimentos e os batizamos com nomes em tupi guarani e macro-jê”, revelou o professor, ainda com base na sua pesquisa pelo País.

Nova arte marcial que une princípios de luta de diversas tribos indígenas espalhadas pelo país. 

Princípios:
Com relação à nova arte marcial, Daniel observa que trabalha quatro princípios, como o Anta-pé, Tupama, Va-Va e o Bambaé. Ele afirma que a nova luta tem uma base espiritual, que é muito forte na cultura indígena e a base de complemento, que explica os acessórios. “Dessa forma, temos a união de várias tribos indígenas, cada uma dando sua contribuição nesse trabalho pioneiro que criamos”, afirmou.

O trabalho foi apresentado pelo município do Eusébio, como contribuição da Coordenadoria de Cultura do Município para a conquista do Selo Unicef, em agosto de 2008 e em Eusébio, o lançamento da nova arte marcial aconteceu em um evento realizado pelo Núcleo de Artes, Educação e Cultura (Naec) do município, no mês de julho.

Quem tiver interesse em saber mais sobre o Aminjn-Kim, entre em contato com:

Prefeitura Municipal do Eusébio
Núcleo de Arte, Educação e Cultura (Naec)
(85) 3260.4960
Professor Daniel: (85) 8786 0401

Nenhum comentário:

Postar um comentário