Follow by Email

terça-feira, 29 de março de 2011

HISTÓRIA DO HIEP KHI DAO


HISTÓRICO
HISTÓRIA DO HIEP KHI DAO
             Quando se fala de kung fu, o templo Shaolin e monges,vem a mente de todos, e direcionamos nossa atenção para a China,como berço de todas as formas de kung fu existentes.Porem pouco se ouve falar de outras artes marciais, que com certeza tem o seu valor; como é o caso das artes marciais vietnamitas,pelo fato de até pouco tempo, não serem divulgadas.O nosso trabalho é tornar conhecida uma partícula desse conhecimento marcial vietnamita, eu com larga experiência nos esportes marciais do Vietnã,como VIET VO DAO,HAN BAI,WO WEI,QWAN KI DO,HÓ HAC TRAO,HOSHINKI DO, procurei não inventar nada,ou criar uma arte marcial nova,mas,unificar todas as formas ao meu alcance e fazer um trabalho onde o corpo e a mente humana se adapte,e que seja usada no dia a dia,procurando não ser usada apenas na área de combate;o objetivo do HIEP KHI DAO,é unificar sua energia em um só movimento,pois como disse ZHENWU,um monge patriarca “Um verdadeiro guerrilheiro não é reconhecido pelas suas vestes e sim pela sua coragem”.
             Foi na década de setenta, quando eu ainda era andante nas artes marciais, passei por diversas experiências antes de conhecer o que seria o meu futuro marcial. Aconteceu que um dia em plena Cinelandia, fui obrigado a me defender de trombadinhas, fiquei em dificuldades, repentinamente uma pessoa entrou na briga comigo, e me ajudou a recuperar meus pertences, após a chegada da policia ele me convidou para ir ao seu escritório, que ficava no edifício Amarelinho, e me convidou para uma aula de VIET VO DAO, uma arte marcial nova no pais, estranhei mas aceitei e marquei de aparecer para conhecer. Como combinado fui a aula de meu amigo, que recebeu muito feliz, levei meu kimono, fiz logo minha inscrição, fiquei aquecendo com as bases das artes que havia praticado,  comecei a praticar VIET VO DAO VOVINAN, e de cara me apaixonei, com minha experiência anterior assimilei com facilidade e consegui um bom êxito. Ao alcançar o grau de faixa preta 3ºDANG, deixei o VIET VO DAO por questões internas e fui treinar QWANKI DO, outro estilo de VIET VO DAO, com o mestre Serge Baubil. Nesta mesma época eu já codificava o meu HIEP KHI DAO, já estava tomando forma, sempre estudei e treinei as artes marciais vietnamitas, e adquiri experiências nos vários torneios que participei, sempre unificando técnicas e movimentos dos estilos do sul – rígido e norte-flexivél. Agora após mais de vinte anos de praticas marciais,o HIEP KHI DAO está definido como uma via de conhecimento, em sua raiz estão diversos sistemas de lutas vietnamitas, filosofia, trabalho de energia (khi), armas tradicionais, cung tchia (formas),alem do desenvolvimento marcial para o combate.
ARTES MARCIAIS VIETNAMITAS
            As artes marciais vietnamitas são ricas em historia,sendo seu inicio perdido no tempo, registros arqueológicos datam de mais de 4000 anos. A arte marcial sempre esteve presente na história do povo vietnamita, sendo ela muitas das vezes responsável pela disciplina, coerência e liberdade deste povo. Os primeiros achados, que datam sobre a arte marcial vietnamita,são "OS TAMBORES DE PEDRA POLIDA NGOG LU” que mostram praticantes de artes marciais.
           Hoje existem uma centena de estilos ,formas e métodos de combate vietnamitas. Tendo sido por muito tempo colonizado por vários povos, o povo vietnamita com o tempo, começou a assimilar os conhecimentos destes povos, e nas artes marciais não foi diferente, o Japão deixou o conhecimento de (karate, aikido, kempo, kendo, ninjitsu...) a China (o kung fu em suas várias ramificações, Shaolin, Wing chun, Hung gar, Chi kung..) a Tailândia presenteou com as técnicas de ( Muai Tai ) a Inglaterra com ( Boxe ocidental) a Rússia (Sambo...) e mais recente, como ultima colônia que foi do povo Francês, os vietnamitas receberam o conhecimento do (Savate), a combinação de tantas cultura resultou em estilos fortes e preparados para defesa do país.
A palavra VIET VO DAO determina todas as formas de artes marciais do Vietnã, estilos duros, suaves; internos e externos. As artes marciais vietnamitas eram até bem pouco tempo desconhecidas do povo ocidental, vindo a tornarem-se conhecidas a partir das décadas de 60/70. Mestres vietnamitas se espalharam pelo mundo para divulgarem esta arte e seus estilos. Esta arte chegou ao Brasil na década de 70 pelas mãos do mestre NGYUEN SHO IH, que teve apenas um aluno que hoje é o representante máximo e oficial do VIET VO DAO estilo VO VI NAN no Brasil, o mestre Anselmo Carlos Fortes Bezerra,Templo Lo Han Ssu ( Petrópolis).
         Mestre Anselmo, formou a primeira turma de Viet do dao no Brasil, forjada para serem os melhores lutadores, tiveram treinamento tradicional VO DAO, durante a decada de 70/80, dois membros se destacaram, foram os Mestres JOSÉ FERREIA DA SILVA FILHO ( GARÇA ) e LUIS CARLOS MONTEIRO ( SUI ). Mestre Garça deixou o grupo com a graduação de 3º dang, indo do Rj para Alagoas, fixando residência e continuou seus estudos se graduando em outros sistemas. Mas a busca ainda era pelos estilos vietnamitas, vindo a conhecer o mestre Serge Baulbil - introdutor do QWAN KI DO no Brasil e aluno direto do Fundador do estilo mestre Phan Xuan Tong - o QWAN KI DO também engloba várias ramificações de estilos vietnamitas, tais como , NGA MI PHAI ( GARÇA BRANCA), HO HAC TRAO ( TIGRE ), KHI CUNG ( PALMA DE FERRO) e o CO VO DAO (arte com armas tradicionais) e técnicas dos MON PHAI (também conhecidos como ninjas vietnamitas), graduou-se mestre Ferreira á 3ºdang neste estilo, depois de mais de vinte anos de estudo, trabalho e pesquisas, mestre Ferreira, deixou a escola de QWAN KI DO, e apresentou ao público o seu trabalho, a síntese deste estudo trouxe a tona, o HIEP KHI DAO, com a raiz forte das artes marciais vietnamitas, Mestre Ferreira colocou seu método à prova e após 40 anos de práticas marciais, vem através de seus alunos desenvolver um grande trabalho de divulgação.
           O HIEP KHI DAO, está estruturado em uma forma de combate completa, seu arsenal engloba, técnicas de socos, chutes, torções, projessões,  técnicas com armas, defesa pessoal, alé das incriveis tesouras vietnamitas,possui também  trabalho respiratório, base filosófica e meditação. O HIEP KHI DAO está orientado para servir a todos, sem discriminação. Mulheres, homens e crianças, encontram no HIEP KHI DAO, uma terapia, uma forma de condicionamento físico e uma arte marcial poderosa e extramente eficaz como defesa pessoal.
O HIEP KHI DAO define em seu nome o “CAMINHO DAS ENERGIAS MONTANHOSAS” conhecido também como "KUNG FU DO GUERRILHEIRO”
Os alunos usam um uniforme ( HIEP VO PHUC ) preto para a prática no Vo duong (sala de treino).
MESTRE GARÇAMESTRE GARÇA APLICANDO TÉCNICAS DE MASSOTERAPIAMESTRE GARÇA, JOVEMMESTRE GARÇA E ALUNOFUNDADOR DO MÉTODO HIEP KHI DAO


"Ao longo do meu caminhar sempre me dediquei ao esporte e só pelo esporte de luta tive outras chances em outros esportes, mas fui recusando enquanto podia e dedicando cada vez mais as lutas que no inicio era apenas brincadeira não leva a serio o que outros tinham grande admiração fui apenas tocando em frente na esperança de ser apenas um atleta e conhecer de tudo um pouco razão esta que não me deixava ser preso a uma única atividade por isso eu pratico similar a todas que pudesse preenchendo assim o meu tempo, até que um belo dia fui acometido por alguns agressores que tentaram roubar-me uma encomenda que meu patrão havia mandado eu ir buscar ali perto na Av. Rio Branco eu trabalhava na Senador Dantas centro da Cinelândia e então na volta fui agredido por três moleques de ruas que fui obrigado a defender-me desses trombadinha e onde ocorreu o fato foi na praça da Cinelândia defronte ao prédio Amarelinho tive de ser cauteloso para não atingir os transeuntes e calmamente consegui reaver os meus pertences mas ainda me restava outro problema mais serio que era de me livrar dos Cosme e Damião da Praça foi quando conheci um ser que se identificou como advogado e pediu para que eu o acompanhasse e fui até o escritório dele que ficava na av. rio branco bem próximo de onde ocorreu o fato era só atravessar a rua e conversando ele me fala que é praticante de artes marciais vietnamita o que logo me interessou e curioso fiquei até que esse ser me falasse dessa arte que era o Kung Fu Viet Vo Dao ensinado pelo então hoje Tue Ho Anselmo que na época era 3º dang e fui ate a academia para conhecer o novo estilo, eu que já andara de academia em academia para preencher o meu tempo livre amei a primeira vista não voltei nem para a academia onde treinava outra arte fiz minha inscrição e comecei de imediato a treinar o que veio ser o meu futuro marcial, arte essa que deu origem a uma criação minha em busca de ser um privilegiado ter uma arte só para mim  fui treinando e me apegando cada vez Mais até que veio o reconhecimento meu exame de faixa onde me sai muito bem e então conquistei a amizade desses que me ajudou a encontrar o meu caminho Ricardo Gerk que hoje eu o tenho como a um irmão tenha a certeza, onde o então Tue Ho nos educou muito bem. E hoje o Hiep Khi Dao esta indo nos trilhos do sucesso. "


Nenhum comentário:

Postar um comentário