Follow by Email

terça-feira, 15 de março de 2011

A Incerteza das Riquezas

Você sabia que essencialmente o sistema financeiro usa um dinheiro fajuto, sem lastro, criado por um passe de mágica a partir do nada?


"Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos." [1 Timóteo 6:17].
Já disse isto antes e vou repetir: Nos Estados Unidos e em outros países desenvolvidos, aqueles que são considerados "pobres" estão vivendo em um relativo luxo e conforto em comparação com os verdadeiros pobres do resto do mundo. Se você tem dificuldade para aceitar essa afirmação, simplesmente procure arrolar os casos que você tenha visto ultimamente de pessoas que morreram de fome. Meus amigos, esse tipo de coisa é extremamente raro neste maravilhoso país! Na verdade, temos tanta comida que se alguém deixa de fazer uma ou duas refeições, raramente é devido à falta de ajuda para aqueles que estão enfrentando necessidades.
Meu coração sofre por todos aqueles que se encontram desempregados e/ou sem-teto e de modo algum quero minimizar as dificuldades que enfrentam, pois é somente pela graça de Deus que o resto de nós consegue evitar a mesma situação! Meu único objetivo é enfatizar o quão abençoados somos e chamar sua atenção para o fato que essas bênçãos podem desaparecer em um instante. E o Senhor disse isso na seguinte passagem:
"E propôs-lhe uma parábola, dizendo: A herdade de um homem rico tinha produzido com abundância; e arrazoava ele entre si, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. E disse: Farei isto: Derrubarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; e direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus." [Lucas 12:16-21].
Os especialistas em finanças continuam a advertir que a vasta maioria das pessoas que consegue manter a cabeça acima da água, financeiramente falando, faz isso por uma margem muito pequena. Qualquer acontecimento inesperado, como doenças, acidentes, etc., pode facilmente levá-las à bancarrota ou à ruína. Mas e aqueles que ganham muito bem e vivem confortavelmente? Ou mesmo os 2 ou 3% que são podres de ricos? Eles estão seguros e protegidos?
Deixe-me dizer de outra forma. Nosso sistema monetário é sustentado por absolutamente nada além das promessas dos políticos. Nossa unidade monetária, o dólar, é dinheiro "criado a partir do nada", o que significa que é fajuto e não tem valor intrínseco algum, além da fé que será aceito como um meio de trocas. Se essa fé for perdida um dia, nossa economia cairá com a cara no chão em um tempo muito curto e todos aqueles que dependem de suas contas bancárias, carteira de ações, fundos de renda fixa baseados em títulos do governo, etc. se tornarão destituídos. Algumas pessoas tentam evitar essa possibilidade diversificando e comprando bens que têm valor intrínseco, como ouro, diamantes, objetos de arte, imóveis, etc. na esperança de poder usá-los como dinheiro se tudo o mais falhar. Mas se não existem padrões de valor, o indivíduo ainda terá de recorrer ao escambo e incorrer no risco envolvido — neste tempo todas as riquezas definitivamente se tornarão incertas!
O ponto que estou tentando demonstrar é que ninguém tem absoluta segurança no que se refere às coisas deste mundo. É por isto que a Palavra de Deus nos diz para não confiarmos nas riquezas incertas. A Rocha sobre a qual deve estar nossa confiança é o Senhor Jesus Cristo, não o "todo-poderoso dólar".
Embora não exista nada de errado com a posse de bens materiais, se permitirmos que essas coisas nos possuam — elas se transformam em ídolos e nos prejudicam espiritualmente. Se o Senhor não tiver a proeminência em nossas vidas, nenhuma quantidade de dinheiro trará a necessária paz ao nosso coração e mente. Destarte, faz sentido se matar tentando "progredir" quando em muitos casos poderíamos viver bem com muito menos?
"Considerai os lírios, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles. E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé? Não pergunteis, pois, que haveis de comer, ou que haveis de beber, e não andeis inquietos. Porque as nações do mundo buscam todas essas coisas; mas vosso Pai sabe que precisais delas. Buscai antes o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." [Lucas 12:27-31; ênfase acrescentada].
O primeiro artigo que escrevi para a Cutting Edge foi "O Segredo Melhor Guardado na Bíblia" (P112) e nele tentei destacar o princípio que para um crente receber, ele precisa estar disposto a dar! A mordomia correta reconhece o fato que tudo o que "possuímos" na verdade pertence a Deus e Ele está apenas permitindo que usemos. Portanto, para as igrejas locais receberem os fundos necessários para realizarem a "Grande Comissão" do Senhor de pregar o evangelho a toda criatura, os crentes individuais precisam dar. Então, se eles derem com fé e com o motivo correto no coração, podem esperar receber bênçãos em retorno:
"Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo." [Lucas 6:38].
Observe que eu disse que bênçãos podem ser esperadas em retorno e isso não necessariamente significa riquezas! Alguns dentro da cristandade ainda erram grandemente ao tentarem reivindicar as promessas feitas no Antigo Testamento para Israel, que riquezas materiais seriam concedidas àqueles que obedecessem a Deus. Mas esse tipo de promessa não existe para o cristão no Novo Testamento. Na verdade, as palavras do Senhor em Lucas 6:38 acima foram proferidas para Israel e não para a igreja — embora o princípio geral de receber em proporção ao que foi dado se mantém verdadeiro. Portanto, enquanto temos a oportunidade, meu conselho aos cristãos é que desviem o foco do consumismo para fazer a nossa parte para garantir que a obra de Deus por meio da igreja local receba o financiamento apropriado. E isso inclui tentar ajudar outros irmãos e irmãs em Cristo que podem estar enfrentando dificuldades financeiras. Então, se formos fiéis nisso, podemos certamente esperar receber bênçãos maravilhosas das mãos do Senhor.
Nossa sociedade é materialista e forças demoníacas estão em operação, chicoteando as massas para levá-las ao frenesi consumista. A população desenvolveu uma obsessão pelas posses e bens materiais e em ter mais do que todos na vizinhança. Até mesmo alguns comerciais na televisão de lojas "faça você mesmo" são sobre os vizinhos competindo para ver quem consegue construir o maior alpendre ou cortar a grama mais rápido! E aquele que tiver o maior e mais caro televisor de tela grande e de alta definição é invejado por toda a vizinhança. Que Deus tenha misericórdia de nós, pois nossas prioridades estão caminhando rapidamente para a ruína — tanto financeira quanto espiritualmente.
Portanto, se você conhece a Jesus Cristo como seu Salvador e Senhor pessoal, imploro que acorde e mude de atitude! Busque o reino de Deus e não o "reino mágico" das expectativas irrealistas.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.
Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.
Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", clique aqui http://www.cuttingedge.org
Que Deus o abençoe.
Autor: Pr. Ron Riffe
Data da publicação: 8/5/2007
Patrocinado por: C. F. B. — Porto Alegre / RS
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e
http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/p277.asp

Fonte: http://www.espada.eti.br/p277.asp
tazani26.gif (56024 bytes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário