Follow by Email

quinta-feira, 17 de março de 2011

SENSEI TADASHI TAKEUCHI

Transcrição de postagem do Sr. José Argolofoto
Tadashi Takeuchi
Uma Lenda Viva do Karatê

O Sensei Tadashi Takeuchi, 69 anos, faixa-preta, 6° Dan aos 30 anos de idade (nunca mais fez exame) é uma das lendas-vivas do Karatê mundial estilo Shoto Kan.
Como atleta, terminou sua carreira invicto em campeonatos japoneses e asiáticos.

Takeuchi, que viveu no Rio de Janeiro durante treze anos, entre as décadas de setenta e oitenta, formou alguns dos melhores Karatecas do país, sendo inclusive técnico das seleções carioca e brasileira.
Dotado de uma técnica e velocidade extraordinárias, mesmo para os rigorosos padrões japoneses , como enfatizaram veteranos praticantes do esporte, Tadashi Takeuchi contribuiu para reformular inúmeros conceitos de arbitragem para torneios e implantou um moderno sistema de treinamento que incluía práticas respiratórias fundamentadas no Zen, exercícios de força e impulsão, bem como de combate (Jyu Kumitê).
Entre os Karatecas que com ele treinaram, destacam-se Fernando Soares
(4°Dan), Ivo Pitanguy (3°Dan), Fernando Athayde
(4ºDan), José Ingo (2ºDan), Vasco (3° Dan), Arnaldo (2º Dan) e Fernando René (3ºDan).

Sobre o Sensei Tadashi Takeuchi existem inúmeras histórias , todas
verdadeiras. Uma delas, é que jovem faixa-preta, ele caminhava pelas
estradas do interior do Japão e, quando encontrava uma academia de Karatê, entrava, pedia permissão para treinar e sempre que possível, seguindo uma antiga tradição japonesa, desafiava o mestre para um combate. Nunca foi derrotado.

Agraciado por Nakayama com uma faixa preta sua, Tadashi Takeuchi
presenteou-a em Agosto de 2000 na sua visita ao Brasil, ao seu sucessor Prof. Fernando Athayde, campeão carioca, brasileiro e panamericano na década de 70.

(Texto de José Argolo)
>>Depois de quase 1 decáda de ouvir histórias as mais diversa sobre ele, e uma longa procura, Takeuchi foi localizado e presenteado por seus ex (?) alunos com uma passagem para vir ao Brasil, depois de 18 anos da sua volta ao Japão. Ele veio. E eu tive a honra de hospeda-lo em minha casa e ciceronea-lo nos 10 dias que aqui esteve.
E pude comprovar que ninguém mentiu nas histórias que contavam!

OSS!!
José Argolo

FONTE: http://www.flickr.com/photos/lucia_simoes/1149913570/

Um comentário:

  1. Osu, com todo o respeito pelo Mestre Takeushi, mas de certeza ele nunca entrou num Dojo de Karate Kyokushinkai...

    ResponderExcluir