Follow by Email

sábado, 19 de março de 2011

UMA SUPER MENTE - O HOMEM MAIS INTELIGENTE DO MUNDO?

Grigori Perelman é talvez o homem mais inteligente do planeta: um gênio enigmático e dado a enclausurar-se que assombrou o mundo acadêmico ao afirmar ter resolvido um dos problemas mais difíceis da matemática, o Teorema de Poincaré.

Em 2006 o congresso de matemática realizado em Madri, da União Matemática Internacional concedeu a Grigori Perelman, a Medalha Fields, considerado o Nobel da matemática por seu trabalho. Perelman foi convidado, mas não compareceu ao evento.

Também recusou o prêmio de 782.000 euros oferecido pelo Instituto Clay de Matemática de Cambridge, que seria seu pela resolução do problema. Não recebe à imprensa, nem conversa com seus colegas. A matemática lhe decepcionou e diz que os prêmios são irrelevantes porque se qualquer um pode entender que se a solução do Teorema está correta então não há a necessidade de nenhum outro reconhecimento. Perelman recusou vários outros prêmios, porque acredita que as pessoas que lhe ofereciam os prêmios não estavam capacitados para entender seu trabalho.

Perelman é considerado "talvez" o homem mais inteligente do planeta porque nunca se sujeitou a fazer nenhum teste de avaliação de quociente intelectual, inclusive riu e chamou os componentes da Mensa Internacional de "arrogantes que necessitam de elogio".

Os catedráticos, dizem que é um gênio da matemática, que, hoje em dia, não há ninguém como ele. Introvertido. Pouco se sabe de Perelman. Os mais próximos asseguram de que desde 2003 está desempregado e vivendo com sua mãe em alguma localidade próxima a Leningrado. Sua demonstração matemática deixou-o tão constrangido, segundo afirmam, que decidiu deixar a matemática profissional e abandonou o
Instituto de Matemática Steklov.

Agora, um blogger russo, segundo contam no bom site
English Russia, assegura ter visto Perelman no metrô de São Petersburgo e enviou algumas fotografias.
Não há maior solidão do que a do náufrago numa ilha deserta, e assim se sente quem possui uma preciosa linguagem e ninguém mais o compreende. Gregori Perelman compreende e fala uma linguagem especial, mas não encontra interlocutor com o qual possa entender-se. Está em absoluta solidão.

Talvez, encontre expressões numéricas na natureza, essas que regem as leis de tudo o que foi criado, porque tudo é matemática, ainda que só algumas possam assim ser enunciadas. De seu grau mais alto, o homem mais inteligente do mundo, não pode falar com ninguém. Os gênios parecem anti-sociais. É difícil comunicar-se com eles, mas a eles devemos os grandes saltos para o futuro. No século passado, devemos em parte a Einstein e sua teoria da relatividade. Neste, a Perelman.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário