Follow by Email

domingo, 31 de julho de 2011

Refutando argumentos: Ovnis na Arte


Refutando argumentos: Ovnis na Arte


As Várias Faces de uma Mentira


No ano passado o History Channel apresentou a "Semana do Desconhecido" com a primeira temporada da série Alienígenas Do Passado, já estreou nos EUA a segunda temporada. Nada demais os canais de tv apresentarem programas com esse tema, mas é significativo que seja apresentado no Canal de História como se história fosse, apresentando muitas falsas evidências para convencer o público sobre a atividade extraterrestre em algum passado remoto da humanidade, um assunto que tem confundido muitos cristãos que acabam seduzidos por informações mentirosas apresentadas o tempo todo como verdadeiras pela mídia e por defensores da 'teoria alienígena'. O History Channel tem a pirâmide não-concluída maçônica disfarçada em sua logo, um simbolo ocultista:


O banner de promoção da série tem a mão espalmada, segundo o site Simceros trata-se de um símbolo das cinco metas da maçonaria, entre elas acabar com o cristianismo (http://www.simceros.org).


Nessa primeira parte vamos analisar as falsas alegações de Ovnis e Aliens em antigas pinturas, as quais também aparecem em vários sites sobre ufologia e até em livros como possíveis "provas" de atividade alienígena no decorrer da história.Com algumas poucas variações geralmente você encontrará nesses sites as imagens analisadas nessa matéria.

Essa imagem de uma pintura egípcia da tumba de Ptahhotep pode impressionar à primeira vista, com a pura má intenção de convencê-lo tratar-se de um alien tipo 'gray':


Trata-se de uma foto fora de contexto e devidamente trabalhada com algum software de tratamento de imagens para dar a impressão de alguma criatura de 'outro planeta' como alegado por websites sobre o assunto, mas um pouco mais de estudo a verdade é bem diferente.


Não trata-se de nenhum alien do tipo gray, mas uma planta especial chamada flor de lótus oferecida aos deuses que está em um vaso, em outra pintura um egípcio segura a mesma flor confundida com um alienígena:


É muito fácil para o programa UFO Hunters e entusiastas amadores fazerem alegações sem nenhum conhecimento de história da arte ou no mínimo uma pesquisa imparcial, encaixando idéias às suas teses infundadas. Vejamos outro exemplo clássico de (falsas) "provas" da atividade extraterrestre na antiguidade.


Essa imagem de A Crucificação do mosteiro Visoki Decani no Kosovo pintada nas primeiras décadas do Século 14 tem sido usada como argumento de possíveis ilustrações de antigos contatos com extraterrestres devido às duas figuras à esquerda e direita do Cristo crucificado.


Outra imagem usada como argumento em sites e revistas sobre o assunto:


Vejamos a imagem original - Svetitskhoveli Catedral, Mtskheta, na Geórgia:


Repare que nas duas figuras as quais alega-se serem Ovnis tem uma face em cada uma delas.

A explicação dessas pinturas tem dois aspectos, primeiramente a iconografia e simbolismos da época, e por segundo a continuidade de simbolos pagãos incorporados pela igreja romana que eram representados nessas pinturas. Tendo isso em mente veremos que essas duas figuras eram nada mais do que a representação do Sol e da Lua humanizados, algo típico nas artes da época:






Lamento informar aos entusiastas que nenhuma dessas obras refletem qualquer possibilidade de contatos com extraterrestres.

Veremos agora mais um exemplo muito usado como argumento, uma conhecida pintura de Carlo Crivelli:


Bem, geralmente os defensores da tese dos Ovnis mostram basicamente imagens borradas e de forma a apresentar apenas o que lhes é conveniente, argumentando que essa imagem trata de uma nave circular que emite um raio em direção à Madonna.


Mas observando a imagem detalhadamente veremos tratar-se de dois círculos de nuvens e um círculo de anjinhos.

Veja que em outras obras existe a mesma representação, tanto dos anjos em círculos quanto o raio atravessando uma janela, simbolizando a virgindade de Maria.


Por fim vamos analisar a Madonna com a Criança e São João, também muito utilizada pelos entusiastas como representação de Ovnis:


Eles defendem que o objeto à direita trata-se de um Ovni e um homem com um cão observa o objeto curiosamente.

A simples idéia de ser uma pintura já poderíamos refutar essa teoria, mas subjetivamente os defensores de tais teorias parecem tratar a pintura como se fosse uma fotografia.


Esse é outro exemplo de iconografia da época, vamos ver outras obras para comparar.


Essa pintura 'Natividade' de Vincenzo Foppa a anunciação aos pastores também com o homem olhando para o anjo que sai da nuvem da mesma forma.


Mais algumas imagens para comparação:


Creio que já seja o suficiente para demonstrar o quanto essas imagens que nos são apresentadas subliminarmente como algo relacionado a Ovnis e extraterrestres nada mais são do que simples pinturas com iconografias próprias de suas épocas, não tendo nada a ver com seres de outros planetas.

É muito significativo também que eles escolham pinturas e imagens com temas religiosos para relacioná-los com extraterrestres porque essas teorias ensinam que esses seres foram antigos deuses na Terra, assunto esse que abordaremos em outros artigos.

Não deixe-se impressionar ou seduzir por essas fábulas que a mídia tenta manipular. Trata-se de um jogo de mentiras com a única intenção de promover idéias que te desviam da verdade.

FONTE:http://spirittvonline.blogspot.com/2011/01/ovnis-e-alienigenas-na-antiguidade.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário