Follow by Email

domingo, 4 de setembro de 2011

A CASA DO FUTURO


A CASA DO FUTURO


A Casa do Futuro é um protótipo de habitação em forma de disco voador, desenhada pelo arquitecto finlandês Matti Suuronen na década de 60 até meados dos anos 70. A ideia por detrás do projecto reflecte o optimismo dos anos 60 depois do pós-guerra. As pessoas acreditavam que com a tecnologia, a conquista do espaço, e um aumento no tempo de lazer poderiam resolver os seus problemas. Inicialmente concebida como uma cabine de esqui, o resultado final foi o de uma casa de férias móvel, leve e facilmente transportável, quer por terra quer por helicóptero. Tinha a capacidade de ser desmontável para tornar a ser reconstruída em qualquer outro lugar, mesmo em lugares acidentados. Para facilitar a sua montagem, era composta por 16 elementos que eram aparafusados e que formavam o piso e o tecto em forma de cúpula. O material escolhido foi a fibra de vidro, e o poliéster, e a área do pavimento ia até aos 50 m quadrados. Tinha uma altura de uns 3 a 4 metros e um diâmetro de 8 metros. As várias janelas são de forma oval, a entrada possui escadas retrateis e as cores da casa foram produzidas em tons de branco, amarelo e vermelho. Também é de salientar que devido ao isolamento de poliuretano integrado e sistema de aquecimento eléctrico, a casa poderia ser aquecida a uma temperatura confortável em apenas 30 minutos, de 20º a 60º. Até ao início dos anos 70 só foram produzidas perto de 100 casas pré-fabricadas que foram distribuídas por vários países como a Finlândia, Bélgica, Austrália e E.U.A. Mas no início dos anos 70 a crise invadiu o mercado afectando a sua produção e venda, devido principalmente á crise do petróleo onde fez os preços dos combustíveis subirem e posteriormente o aumento do preço do plástico. Estima-se que hoje só restem umas 50 casas, na sua maioria pertencentes a coleccionadores particulares. 


O arquitecto finlandês Matti Suuronen. 



. Museu na Holanda expõe Casa do Futuro. 

. O primeiro protótipo pode agora ser visitado em Rotterdam, na Holanda, no Museu Boijmans van Beuningen. Há também a possibilidade de poder entrar dentro da casa e ver todo o interior original completamente restaurado. A exposição tem como título "Futuro - construção de Utopia" e estará patente ao público de 21 de Maio de 2011 até 9 de Outubro de 2011. 


 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário