Follow by Email

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Primeiro Computador Pessoal da IBM, o 5150 completa 30 anos


Modelo revolucionou a indústria()

O mês de agosto de 2011 marca o aniversário de 30 anos de uma das maiores revoluções tecnológicas do século passado: a revolução da computação pessoal. Trinta anos atrás surgia no mercado o IBM PC (Personal Computer) modelo 5150.

Não era o primeiro computador a ser criado com o objetivo de ser “pessoal” – a Xerox já tinha usado o termo PC em 1972 e a Apple já estava no mercado - mas foi o PC da IBM primeiro modelo a chegar às prateleiras como um sucesso de vendas.

O sucesso se deve em parte à compatibilidade do PC com uma série de periféricos já existentes e fabricados pela própria IBM. Era possível comprar um computador, uma impressora, um leitor de disquetes e montar um escritório em casa. O mesmo computador serviria para o Júnior digitar os seus trabalhos de escola – não dava para fazer muito mais do que isso naqueles tempos pré-internet, mas foi uma revolução mesmo assim.

Mais do que isso, o padrão IBM se tornou padrão de mercado, o que permitia que fosse possível montar computadores pessoais usando partes de diferentes fabricantes – atire a primeira pedra quem nunca comprou uma máquina “montada” em uma loja na Santa Ifigênia ou em outro bolsão de comércio tecnológico pelo país.

O coração da máquina trazia um sistema operacional que foi parte de outra revolução, o MS-DOS, da Microsoft. Tudo somado, abriram-se as porteiras para que a computação se tornasse realmente algo cotidiano. Vieram os softwares cada vez mais especializados; veio a internet. O resto, como se diz, é história.

A galeria a seguir traz os primeiros modelos de PC e mais alguns marcos dessa revolução – incluindo alguns fracassos. Chame as crianças e mostre para elas um tempo difícil, em que não tínhamos smartphones ou tablets...


FONTE: http://tecnologia.br.msn.com/fotos/galeria-de-fotos.aspx?cp-documentid=30151353

Um comentário:

  1. O meu primeiro curso de digitação foi em uma máquina dessas!

    ResponderExcluir