Follow by Email

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

A Pedra de Ingá-PB

TRANSCRIÇÃO NA ÍNTEGRA DE:http://ramanavimana.blogspot.com/2011/09/pedra-de-inga-pb.html

pedra-de-inga-pb No município paraibano de Ingá, existe um paredão rochoso de 46 metros de comprimento por 3,8 de altura, repleto de símbolos enigmáticos, produzidos por algum povo pré-histórico ainda desconhecido. O sítio arqueológico é estudado por pesquisadores de todo o mundo, que ainda não conseguiram decifrar suas intrigantes mensagens.

Visualizar Pedra de Ingá-PB em um mapa maior
Situada no interior da Paraíba, a Pedra de Ingá consiste num dos mais significativos sítios arqueológicos do mundo, com belos e complexos desenhos entalhados em baixo-relevo, que sugerem alguma mensagem cifrada e perdida com o tempo. A área é tombada desde 1944 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e os sinais marcados na rocha são assim descritos por Vanderley de Brito, historiador, pós-graduado em História do Brasil pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e especialista emérito em pré-história:
No seu principal painel, ora denominado de “Painel Vertical”, existe uma grande profusão de sinais, extraordinariamente complexos, gravados extensamente ao longo de um opulento paredão em gnaisse, de 46m de comprimento por 3,8m de altura, que se eleva no lajedo do riacho Bacamarte, no sítio Pedra Lavrada, município de Ingá. Além deste atípico mural em parede longitudinal, na adjacência imediata, há dois outros gravados no piso horizontal.Os quais, segundo proposta do pesquisador Gilvan de Brito, denominamos de painéis: “Superior”; localizado no dorso da formação, e “Inferior”; insculpido de frente ao painel vertical, no lajedo à base do paredão, onde se observa um conjunto de possíveis astros que muitos já aludiram semelhanças com a configuração da constelação de Orion.
inga
Não se sabe quem foram os responsáveis por tais gravuras de apurada técnica, nem que mensagem pretendiam transmitir, mas Vanderley acredita que é obra uma comunidade pré-histórica que ao longo dos recursos hídricos gravava duras rochas com fino acabamento e polimento e que, não se sabe por que, em algum momento de nosso passado teve essa prática estagnada na inatividade.
inga01ok
A Pedra do Ingá representa uma possível mensagem codificada em caracteres ainda ininteligíveis. Decifrá-los pode ser a chave para compreendermos nosso passado pré-histórico, os povos que habitavam o solo brasileiro antes de nós, bem como nossas obscuras origens culturais.
trab5

Nenhum comentário:

Postar um comentário