Follow by Email

segunda-feira, 19 de março de 2012

Depois de explosão no centro da Galáxia, anomalias SÉRIAS são detectadas na Lua e nos planetas do Sistema Solar


Depois de explosão no centro da Galáxia, anomalias SÉRIAS são detectadas na Lua e nos planetas do Sistema Solar

Isso é muito estranho... Depois da explosão do centro da Galáxia, parece que nosso Sistema Solar está em um tempo de mudanças drásticos... Seria este o motivo para os tais "sons apocalípticos"? Veja:

Tradução e adaptação: Caminho Alternativo
Há vários meses, cada vez mais pessoas estão alertando sobre a posição anômala da Lua em diversas fases do calendário lunar.
Para esclarecer ao leitor sobre as fases da Lua, podemos consultar a seguinte tabela da Wikipedia:


Fase da Lua

Fonte: Wikipedia


Em fevereiro de 2012 a fase lunar deveria ser a seguinte:


Fonte: astronomia.org

A fase de “Quarto Minguante” possui esta forma, repare que os países do Sul visualizarão a parte direita da Lua iluminada(visível).
Para confirmar o calendário perpétuo de fases lunares para o hemisfério sul, temos o seguinte gráfico:

Calendário lunar fevereiro de 2012
Fonte: Tu Tiempo

Mas o que está acontecendo com as fases da Lua que tanto está surpreendendo os observadores? O problema são estas fotos, tiradas em fevereiro deste ano(2012).



Quarto CRESCENTE em forma de "U", foto do dia 27/02/2012
Fonte da imagem: rastationclub


Outra imagem tirada desde Havana, Cuba, por Roberto Suarez em 25/02/2012, também em forma de “U”.

 
Júpiter, Vênus e a Lua, foto de Roberto Suarez em 25/02/2012

Fonte da imagem: Outro lado da notícia

Ambas são fotos do Hemisfério Norte pelo que se supõe uma clara anomalia já que a crescente deveria ser vista como uma D.

Há três luas, ou três meses, que se observa a lua assim. Começa em crescente em forma de “U” e não em “D”, como era habitual até agora, e conforme passam os dias e aumenta a crescente, ou seja, a parte do disco lunar visível iluminada, vai se colocando dia a dia em sua posição “normal” (até agora) em “D” e até a lua cheia. Seria como, efetivamente, se estivesse oscilando por causa de alguma “força desconhecida”. Na fase minguante ocorre o mesmo, vai se colocando dia a dia em posição de “U” invertida, até a lua nova.

E no equador? Pois nem uma nem outra, sempre possui forma de “U” ou de “U” invertida.

Quanto mais ao equador, a Lua se vê mais “horizontal”, e quanto mais em direção aos pólos se vê mais “vertical”, embora obviamente girada em direção diferente em cada um.



Mapa Mundi
O que está ocorrendo é que as fotos foram tiradas ao norte do equador, e portanto, mostram a Lua como se fosse vista no próprio equador.
Com isto podemos começar a vislumbrar o que pode estar acontecendo. Algo está diferente na órbita da Terra ou com a da Lua ou talvez com ambas.

Nutação (do latím “nutare”, cabecear ou oscilar) é um movimento ligeiro irregular no eixo de rotação de objetos simétricos que giram sobre seu eixo. Exemplos comuns são os giroscópios e os planetas. Mais precisamente, uma nutação pura é o movimento do eixo de rotação que mantêm o primeiro ângulo de Euler (precessão) constante.

Para que entendamos melhor, o de precessão é o movimento de um pião PERPÉTUO e CONSTANTE, porém, isto não não é assim já que existe o movimento de nutação que faz com que seja irregular.

Quando um pião é jogado, a princípio o movimento é constante mas quando perde força o movimento vai ficando irregular até que finalmente para!

E isto é o que mais ou menos pode estar acontendo com a Terra.

Em Astronomía se denomina obliquidade da eclíptica (algumas vezes chamada também simplesmente obliquidade) à inclinação que apresenta o eixo de rotação da Terra em relação ao plano da eclíptica, e é a responsável pelas estações do ano.

A obliquidade em 2011 foi de 23° 26′ 16″ (23.4377º).1 . Em 1907 foi exatamente de 23° 27′. Ou seja, está diminuindo atualmente na razão de 0.47″ por ano, devido ao movimento terrestre denominado nutação.


Variação da obliquidade da eclíptica



É possível que o movimento de precessão esteja cada vez mais afetado por uma nutação cada vez mais irregular. Por outro lado, surgiu há poucas semanas a notícia de que a sonda europeia Vênus Express detectou que a rotação de Vênus REDUZIU(10/02/2012)!

E se isto não está acontecendo somente com Vênus, mas também em todos ou quase todos os corpos planetários do sistema solar?

O astrônomo aficionado ALOEUSS, informou como mediante a OBSERVAÇÂO, imprescindível para ser medianamente científico, detectou que a Lua reduziu também seu ritmo de rotação. A Lua CHEIA têm agora duração de 4 dias ao invés de 3.

E isto está acontecendo há 3 meses e ninguém percebeu?

Em 29/11/2011 a equipe StarViewer já havia detectado a anomalia lunar, publicando um artigo extenso sobre o assunto.

Observadores de todo o mundo estão percebendo uma anomalia estranha nas fases lunares e começam a acompanhar durante as noites. Devido ao nosso ritmo de vida enclausurado e controlado pelo sistema, muitas pessoas ainda não perceberam esta anomalia.

Somente os povos que usam as estrelas como GPS e acompanham a atividade estelar sabe quando algo está errado, e nada melhor que os esquimós para nos dizer o que está acontecendo, veja a declaração do povo Inuit:






Alguns cientistas também detectaram a anomalia lunar, acesse o documento da Cornell University (PDF) sobre o incremento da “excentricidade” da órbita Lunar.

Os verdadeiros cientistas são aqueles que desde a experiência empírica contrastam e observam realmente “in situ” a realidade e a natureza. A ciência claramente se constrói com evidências deste tipo, mais além dos complexos papers e formulações teóricas.

A comunidade Inuit já chegou às suas conclusões: A Terra mudou seu eixo, as posições das estrelas, da Lua e do Sol mudaram.

Conclusão:
Apesar de ser um fenômeno anômalo, esta não é a primeira vez que acontece e tudo indica que se produz cíclicamente, as possíveis causas e teorías do porquê se produz esta mudança da eliptica da Terra e o deslocamento dos polos magnéticos, nos indica que existe “algo” que está provocando todas estas mudanças,

Fonte: PlanetaGea

Comentário do blog:

Eu mesmo vi a Lua em forma de “U” da minha casa na semana em que as fotos do artigo foram tiradas. A Lua não está sendo vista da forma como deveria.

Este artigo confirma os dados coletados pelo satélite IBEX (Interstellar Boundary Explorer) da Nasa, o sistema solar inteiro esta DESACELERANDO.

Agora basta ligar os pontos:
Explosão no centro da galáxia.
Sistema solar desacelerando.
“Som do Apocalípse” sendo ouvido em todo o mundo.
Inversão dos pólos magnéticos.
Nova era do gelo chegando.
Mortes misteriosas de baleias, golfinhos e aves.
Eixo terrestre alterado e anomalia lunar detectada.
Quedas de “bolas de fogo” no planeta.
EUA criando milhares de campos de concentração da FEMA.

Seria tudo isto, apenas coincidência? Ou estamos presenciando uma mudança cósmica cíclica?

Fonte:  http://caminhoalternativo.wordpress.com/


Leia mais: http://www.libertar.in/2012/03/depois-de-explosao-no-centro-da-galaxia.html#ixzz1paqLyD5N
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário