Follow by Email

sexta-feira, 6 de abril de 2012

O QUE FAZ O PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA?


Profissional de educação física

“Profissional responsável em formar hábitos e atitudes que promovam o desenvolvimento harmonioso do corpo humano, mediante instrução sobre higiene corporal e mental e mediante vários e sistemáticos exercícios, esportes e jogos”
Fonte: Dicionário Michaelis

O que é ser um profissional de educação física?

Profissionais de educação física são professores, preparadores físicos e técnicos, responsáveis por promover a prática da ginástica, jogos e atividades físicas em geral e ensinar os princípios e regras técnicas de atividades esportivas a estudantes e outras pessoas interessadas. Definem a atividade física mais indicada para cada pessoa, orientando-a quanto a postura, intensidade e freqüência de cadaexercício. Treinam atletas nas técnicas de diversos jogos e esportes e acompanham e supervisionam as práticas desportivas.

Quais as características necessárias para ser um profissional de educação física?

O Professor de Educação Física necessita antes de tudo gostar de práticas esportivas. Por isso, é indispensável ter coordenação motora, ser dinâmico, criativo e capacidade de liderança. E também se manter em constante atualização sobre novos métodos e técnicas esportivas. Características desejáveis:
  • boa coordenação motora
  • boa disposição física
  • boa saúde
  • bom reflexo
  • capacidade de liderança
  • determinação
  • espírito competitivo
  • interesse pelo corpo humano
  • resistência física
  • sociabilidade

Qual a formação necessária para ser um profissional de educação física?

Com a recente regulamentação da profissão, para se atuar na área, seja como professor, seja como preparador, o curso superior em educação física, com duração de 4 anos, passou a ser obrigatório.

Principais atividades de um profissional de educação física

As atividades dos profissionais diferem muito de acordo com a área em que atuam. De modo geral, suas funções são:
  • efetuar testes de avaliação física; 
  • estudar as necessidades e a capacidade física de alunos, soldados ou atletas, de acordo com suas características individuais; 
  • elaborar programas de atividades esportivas, de acordo com a necessidade, capacidade e objetivos visados pela pessoa a que se destinam; 
  • instruir alunos, soldados e atletas sobre exercícios e jogos programados, inclusive sobre a utilização de aparelhos e instalações de esportes; 
  • atuar em exercícios de recuperação de indivíduos portadores de deficiências físicas, através de exercícios corretivos; 
  • desenvolver e coordenar práticas esportivas específicas para o bom desempenho do atleta em competições esportivas e atividades similares.

Áreas de atuação e especialidades

  • Condicionamento Físico: Dá aulas de ginástica coletiva e individual, visando a melhoria da condição muscular e cardiovascular, principalmente para adultos e idosos. É responsável pelo planejamento e desenvolvimento de atividades físicas individuais e coletivas em escolas,academias de ginástica e de musculação, ginásios esportivos e piscinas
  • Consultoria e assessoria: Pode atuar junto a órgãos públicos e empresas privadas para organização e implantação de programas de Educação Física para funcionários. Avalia programas educativos em centros comunitários, parques, hospitais, clínicas, "spas", creches, hotéis, casas de menores e penitenciárias;
  • Ensino: Leciona em escolas de primeiro, segundo e terceiro graus. Para exercer esta atividade o bacharel deve complementar sua formação com disciplinas do currículo do curso de Licenciatura;
  • Grupos Especiais: Organiza e implanta atividades recreativas para idosos, deficientes físicos e mentais, pessoas com problemas cardíacos, de coluna ou musculares;
  • Recreação: É o responsável pelo entretenimento de hóspedes, associados e turistas em hotéis, clubes e "spas";
  • Treinamento: Desempenha a função de técnico de equipes das mais variadas modalidades esportivas, profissionais ou amadores.
  • Personal Trainer: Profissional graduado e especializado em determinada área da Educação Física, que presta serviços personalizados, que através de um acompanhamento particular,  realiza os objetivos do cliente com mais rapidez e segurança.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para professores e profissionais de educação física é competitivo, e a oferta de trabalho tende a crescer no setor privado. Há centenas de milhares de profissionais de educação física atuando em todo o país, a grande maioria deles dedicada ao magistério. O quadro vem mudando nos últimos anos devido à conscientização de que condicionamento físico é sinônimo de bem-estar e saúde. O número de academias cresce a cada ano, e com elas a procura por profissionais da área. Surgem empresas prestadoras de serviços esportivos e franquias, que atendem à demanda criada por hotéis, clubes e condomínios e geram empregos. Com a regulamentação, a demanda por profissionais bem-qualificados deve aumentar, já que profissionais formados que atuam na área esportiva são relativamente poucos. Além de escolas e academias, empresas também demandam esses profissionais seja para atuar na área de marketing e promoção, seja para treinar suas equipes esportivas ou cuidar de eventos ligados aos esportes. Um outro segmento que também vem experimentando um crescimento acelerado é o do acompanhamento personalizado ou personal training. A atividade não é nova, mas foi redescoberta por artistas, personalidades e executivos, que por motivos diversos preferem trabalhar exclusivamente com um profissional a ter que freqüentar academias e clubes.

Curiosidades

No Brasil, os precursores das atividades físicas foram os índios, que por necessidade, caçavam, pescavam, corriam, saltavam, nadavam e etc. Havia também, nas festividades aos deuses, a dança, que homenageava o sol, a lua, a natureza. Os jogos também faziam parte da cultura indígena, como as lutas, a peteca, a corrida de troncos, entre outros.
Na época da escravidão, o negro sentiu a necessidade de se defender, sem armas, de seus opressores, e assim foi criada a capoeira, inspirada em movimentos de animais e em suas raízes culturais africanas.
Em 1851, na época do Brasil Império, foi implantada a educação física obrigatória nos currículos escolares, embora sua profissionalização tenha ocorrido só na época do Brasil República.
Em 1946 foi fundado a Fundação Brasileira de Professores de Educação Física.
Na década de 60 o processo ficou limitado à Divisão de Educação Física e ao Conselho Nacional  de Desportos. Nos anos 70, época da ditadura militar, era usada para a propaganda do governo, sendo voltada para os esportes de alto rendimento. Nos anos 80 surgem as grandes empresas patrocinadoras de atletas, somente na área de esportes.E é somente nos anos 90 que a educação física é vista como modo de promoção da saúde acessível a todos. A regulamentação da profissão se deu em 1998.


Nenhum comentário:

Postar um comentário