Follow by Email

domingo, 2 de fevereiro de 2014

GRUPO OGRO COMBATE - RJ - BRASIL



INSTRUTOR BRAUN - OGRO COMBATE
RIO DE JANEIRO - BRASIL


O  GOC (GRUPO OGRO COMBATE) é um "clube" fechado, de amigos, conhecidos e simpatizantes, que se encontra pra treinar técnicas de defesa pessoal e técnicas de combate com o uso de facas, sob a minha orientação técnica e pedagógica.

Já a algum tempo me juntava pra treinar com amigos, sempre de maneira informal, sem uma frequencia regular. Recebia uma visita, marcava com alguém, e rolava um treino de sparring. 

Estamos abertos a pessoas dos mais diversos backgrounds, aikido, jiujitsu, kali, kenjutsu, kung fu, krav maga, muai thai, treinamento militar, e por aí foi. Essa diversidade de conhecimento é fundamental pro desenvolvimento do grupo. Cada tem uma experiência a dividir, e acaba por  por criar nossos próprios "conceitos" de defesa pessoal com e sem facas.

Não tem novidade, não descobrimos técnicas mágicas nem segredos milenares. Mas conseguimos ver claramente o que funciona e descartamos conceitos que antes acreditávamos eficientes.

Como funciona o GOC?

Em primeiro lugar, não tem mestre, hierarquia, faixas nem árbitros. Todo mundo tem algo a somar, então a troca de experiencias é o que faz o desenvolvimento da técnica. 

Costumo dizer que nosso treino é PAPO e SPARRING.

Papo, porque o tempo todo estamos conversando, trocando informações, corrigindo técnicas dos parceiros de treino, chamando atenção para possiveis falhas, e principalmente estabelecendo nossos conceitos de defesa pessoal com facas.

A faca é um "equalizador". Com uma faca, um oponente é capaz de derrotar outro mais preparado fisicamente, mais forte, maior, mais treinado. A faca ainda permite alguma "administração de dano" fundamental uma vez que o objetivo é a defesa pessoal. Em nossos PAPOS debatemos exaustivamente estes e outros conceitos.

E o SPARRING.

Depois do treino técnico, começamos a brincadeira.

Escolhem-se as duplas para duelo. (Por mais que um duelo seja uma possibilidade remota como situação real de defesa pessoal, é a melhor maneira de entender o funcionamento do ataque e defesa com a faca, e a melhor maneira de desenvolver a técnica).

Nas facas de borracha que usamos para treinamento, passamos BATOM no gume.

A dupla sai em duelo, e o restante do grupo fica assistindo. Marcou 3 cortes (daí o batom no gume) troca a dupla.

Depois de algum tempo, do "gelo quebrado", tornamos a brincadeira mais realista.

Ninguém dá pra trás sabendo que a consequencia de um ataque tresloucado será uma marca de batom no corpo. O que seria completamente diferente se estivessem com facas de verdade.

Como pretendemos sobreviver ao treino, ao invés de facas de verdade, colamos LIXA 80 no gume das facas de borracha. Não corta, mas lanha. E arde. É o suficiente para que a distância aumente, e o combate fique mais realista.

Obviamente que tomamos todo cuidado do mundo para que não seja feito nenhum ataque no rosto (disponibilizo óculos de proteção pra quem quiser usar), e principalmente que ninguém se machuque. No entanto, machucar-se é uma possibilidade. E é SUA RESPONSABILIDADE proteger-se o tempo todo. Não culpe seu oponente se por acaso você se machucar.

Nunca ninguém se machucou seriamente. Todos somos pessoas responsáveis, e sabemos a hora de "baixar o volume".

Mas o treino fica bem realista, e no fim, saimos todos lanhados, mas com um bocado de experiência, e principalmente, com uma profunda amizade que só quem treina entende.
O GOC é isso. Um grupo de amigos, gente séria e responsável, tentando achar maneiras de usar técnicas de defesa pessoal urbana e uma faca para sua defesa, defesa de seus entes queridos, seus amigos, sua propriedade. 

Atenciosamente,

ANDRÉ LUIZ BRAUN
INSTRUTOR DE KRAV MAGÁ BUKAN
INSTRUTOR DE DEFESA PESSOAL URBANA - ABRAPAM
INSTRUTOR DE COMBATE COM FACAS - DHARMA
PEDAGOGO - UCB

Nenhum comentário:

Postar um comentário