Follow by Email

domingo, 22 de janeiro de 2012

CIENTISTA RUSSO ACREDITA QUE AS SONDAS CAPTURARAM IMAGENS DE SERES VIVOS EM VÊNUS



CIENTISTA RUSSO ACREDITA QUE AS SONDAS CAPTURARAM IMAGENS DE SERES VIVOS EM VÊNUS


Veículos espaciais que a União Soviética enviou a Vênus na mudança de 1980 imagens capturadas de objetos que poderiam ter "características dos seres vivos", consiste em um artigo publicado esta semana na revista russa Astronomicheskiy Vestnik ("Newsletter Astronomia").

© Л.В. Ксанфомалити / "Астрономический вестник"

"Objetos foram encontrados tamanho notável de 10 a 50 centímetros, que apareceram, mutantes ou desapareceram, e cuja presença (...) nas imagens dificilmente são explicadas pela interferência" , disse Leonid Ksanfomaliti, diretor associado do Instituto de Estudos Espaciais da Academia Russa de Ciências e autor do artigo publicado na revista ", como uma discussão."

Pesquisadores soviéticos realizaram uma série de estudos bem-sucedida de Vênus no ano 1970-80 e obtiveram as primeiras imagens de sua superfície, invisível da Terra por causa de uma densa cobertura de nuvens que está permanentemente presente na atmosfera venusiana. A espaçonave não tripulada Venera 9 e Venera--10, em 1975, e Venera-13 e Venera-14, em 1982, eles gravaram vários cenários fotométrica câmara de televisão Venus.

Analisaram nove cenários Ksanfomaliti aprovada em março de 1982 e descobriram vários objetos que aparecem e desaparecem nas imagens, em particular, objetos semelhantes a um "disco", um "pano preto" e um "escorpião" .

Alguns desses objetos estão presentes nos dois primeiros quadros, mas desaparecem depois (de acordo com a hipótese científica, por causa do barulho que causou a lander nos primeiros minutos após a descida), outros, como o chamado "escorpião", teria sido enterrado sob as partículas do solo até o navio para o desembarque e levar algum tempo para vir à superfície.

"Sem discutir o pensamento atual de que a vida não é possível nas condições de Vênus, atrevo-me a supor quealguns dos objetos descobertos, a julgar pela sua morfologia, têm características de seres vivos ", escreve o colunista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário