Follow by Email

domingo, 26 de dezembro de 2010

O R.A.M.E. SEISHIN-JUTSU

 Na década de 20 em Tawara, estado de Kanagawa-ken – Japão, o oficial japonês Yonoske Nagashima, mestre de Ju-jutsu e Ken-Jutsu, conhecedor profundo de artes marciais, desenvolveu um sistema de luta que passaria a ser praticado pelos membros de sua família.

Yonoske Nagashima era mestre e membro da Dai Nippon Butokukai, instituição onde teve contato com mestres de diversas artes marciais o que contribuiu para o desenvolvimento de seu estilo, que se manteve restrito a sua família, tendo transmitido apenas para seu filho Tameshi Nagashima, que posteriormente ensinou a seu filho Yoshimasa Nagashima. Estas restrições familiares eram muito comuns no antigo Japão, muitas famílias tinham sua tradição (Ryu) marcial. Por isso existiam tantos estilos como: Daito Ryu, Yamamoto Ryu etc. Em geral tais conhecimentos eram transmitidos aos filhos e preferencialmente aos homens, porém Yoshimasa Nagashima não teve um filho homem.

Em 1935 o mestre Yoshimasa veio para o Brasil e se estabeleceu na cidade de São Paulo, onde ministrava aulas de Judô, anos depois em 1951 veio para o Rio de Janeiro onde lecionou aulas de Judô na Associação Cristã de Moços – ACM.

Em 1959 com 11 anos, iniciava na prática do Judô, José Higino, o aluno que seria o sucessor de seu mestre. Yoshimasa observava o empenho e interesse de seu jovem aluno e resolveu aproveitar-se de tamanha motivação para aprimorar o jovem em conhecimentos de outras modalidades como: Ju-Jutsu, Aiki-Jujutsu.

Em 1969 o mestre Yoshimasa Nagashima viu na figura de seu jovem aluno a oportunidade de transmitir a arte de sua família, não só por sua competência técnica, mas também pelo forte vínculo de respeito e lealdade que foi construído no decorrer de uma década. José Higino Inicia-se então na prática do Seishin-Jutsu (espírito da arte), estilo que mais tarde passaria por um aperfeiçoamento técnico e pedagógico, num trabalho conjunto entre o mestre Yoshimasa Nagashima e o mestre José Higino.

Surge então, em 13 de maio de 1975 o R.A.M.E. Seishin-jutsu, a sigla R.A.M.E. (Redenção das Artes Marciais e do Espírito) foi acrescentada para dar um sentido mais amplo ao nome do estilo. Um sistema de artes marciais que objetiva o ensino dos diversos segmentos de forma de combate, visando a preservação da essência quanto ao espírito, ao conteúdo técnico e suas formas pedagógicas.

 
Fonte: http://seishinjutsu-diretoria.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário